Década de 90, calças de cintura alta, vídeo cassetes, canções memoráveis em meio á auto-descoberta.

Com a criação de Ben York Jones e Micheal Mohan, Everything Sucks! chegou a Netflix na sexta-feira (16) sendo mais um ambicioso plano da servidora de streaming para concretizar sua meta de tornar-se dona de 50% das produções audiovisuais de sua plataforma. A série apresenta tramas interessantes e levanta questões que até então não estariam tão em evidência para época em que se passa a série (década de 90).

O enredo principal fica por conta do personagem Luke O’Neil, interpretado por Jahi Di’Allo Winston. O recém-chegado ao ensino médio começa a demonstrar interesse pela filha do diretor do colégio, enquanto Kate, personagem da atriz Peyton Kennedy, possui uma trama muito própria e conflituosa, mostrando suas motivações para não encarar uma relação com Luke, sendo que gradativamente a série passa trabalhar suas emoções e questionamentos.

Talvez um dos maiores problemas que a série enfrenta seja tratar exageradamente de gatilhos emocionais no decorrer dos episódios, além de claras referências à demais séries como a famosa Stranger Things, e outros dramas explorados, como os clássicos filmes de High School hollywoodianos, onde um tradicional grupo de nerds tentam ganhar atenção de amigos e garotas. Porém, ao longo da série outras camadas passam a ser explorados nos personagens, o que faz produção da Netflix fugir um pouco mais do óbvio com um romance inesperado – e muito bem-vindo – trazendo um aprofundamento melhor e mais interessante à trama.

A forma como à série trata de assuntos tabus e delicados, mesmo em uma época onde o acesso a internet não era tão corriqueira como acontece nos dias atuais, a produção consegue dar direção e algumas respostas de maneira muito sensível, emotiva e delicada, com uma bela mensagem a passar para o seu público mais jovem.

Contudo, Everything Sucks! pode aprender com seus erros e encontrar o seu potencial explorando seus personagens, para que possivelmente possa alcançar seu espaço e público em meio à inúmeros lançamentos.

POSTS RELACIONADOS

© 2019 Anitubey - Cinema TV | Todos os direitos reservados |

[email protected]