A primeira graphic novel de Thiago de Paula incomoda o leitor, e traz uma história sutil sobre finais e “não-finais”.

O que é “fim” para você? Já parou pra pensar que talvez não exista uma definição muito certeira para essa palavra? Talvez, o fim de uma etapa seja justamente o começo da outra, o que já faz dele um fim não tão autêntico assim. Será que os finais não-felizes são realmente finais ou só mais uma parte da trajetória de um ciclo?

São justamente essas perguntas que o cartunista e ilustrador brasiliense Thiago de Paula traz em sua primeira graphic novel (GN) Mais Perto do Fim, lançada em fevereiro de 2019 pela editora Autografia. O livro traz uma “semi-autobiografia” do autor, contando uma crise existencial após um término de um relacionamento.

Apesar da sinopse simples, a história em quadrinhos traz um enredo complexo com questionamentos universais. O autor questiona sobre a passagem do tempo e os ciclos, tudo isso com muito bom humor e originalidade, principalmente nas falas inusitadas da personagem de sua avó, inspirada na avó real do autor.

O traço de Thiago é uma das grandes marcas da sua identidade enquanto autor. Ele traz um desenho forte, limpo e detalhista — e é esse último fator que mais impressiona. Os detalhes em seus desenhos conversam diretamente com a história narrada. Como ele mesmo diz, logo na epígrafe do livro, “Atente-se. O sentido está nos detalhes.” — e realmente está.

Capa da HQ “Mais Perto Do Fim”, de Thiago de Paula.

Thiago bota nos espaços mais singelos e pequenos uma carga pesada de emoções e reflexões, transformando uma GN de 80 páginas, que pode ser lida em algumas horas, talvez minutos, em um tempo denso. As questões levantadas por De Paula são tão intensas e universais que acabam sendo altamente relacionáveis. Se engana quem acha que vai ler tudo de uma vez e continuar a fazer qualquer coisa depois: Mais Perto do Fim deixa o leitor inquieto durante e após a leitura. Incomoda, questiona e dói, mas também traz o caminho para a procura das soluções dentro de cada um de seu leitor.

Thiago de Paula, de 23 anos, cursa jornalismo em Brasília e já ilustrou trabalhos de outros autores, mas essa é a primeira vez que o autor se aventura num trabalho autoral. Para os admiradores e fãs do trabalho do autor, fica aí uma boa notícia: o livro já tem uma sequência confirmada!

Ainda sem previsão de lançamento, o novo livro deve se chamar Caos (palavra com um significado singular em Mais Perto do Fim) e será um livro “duplo”, escrito em parceria com o autor Nelson Fontella. Uma parte será a continuação da história já conhecida no primeiro livro, e a outra, escrita por Fontella, será uma história nova que foca numa crítica socio-religiosa em um mundo pós apocalíptico.

Além disso, o autor também trabalha na ilustração de um livro de Rita Lee, musa inspiradora de Thiago desde a adolescência, que trata sobre preservação ambiental.

Compre Mais Perto do Fim na Livraria Cultura ou baixe o PDF no site do autor.

POSTS RELACIONADOS

© 2019 Anitubey - Cinema TV | Todos os direitos reservados |

[email protected]