Apesar da alta qualidade e ser uma produção da Marvel melhor avaliada, Agents of S.H.I.E.L.D não tem o reconhecimento que merece.

Desde 2013 acompanho a série. Desde o pilot me apaixonei pela história, personagens e aventuras que a série entrega. Para mim, além de uma história cativante, a atuação e química do elenco é algo que contribui muito para me fisgar, o que ocorre com a série. Logo na primeira temporada, nós vemos um elenco cativante, com intimidade, trazendo muita química entre seus personagens e nos fazendo acreditar nessa ligação forte entre eles.

Em Os Vingadores nós conhecemos o agente Phil Coulson, interpretado magnificamente por Clark Gregg, morto por Loki. Misteriosamente, Phil aparece vivo e retorna a S.H.I.E.L.D onde monta um time com pessoas altamente qualificadas para situações estranhas para civis.

Grant Ward é um misterioso agente especialista em combate; Melinda May, antiga amiga de Coulson, piloto e mestre em artes marciais; Fitz-Simmons, uma dupla de agentes superinteligentes formada por Fitz, um rapaz com poucas habilidades sociais e Jemma, cérebro do time. Além da equipe formada oficialmente, Skye, hacker extremamente habilidosa integra o time, trazendo um passado misterioso.

A premissa da série não é algo inovador, porém aos poucos, você verá que há muito mais além de investigações e lutas. O crescimento que ocorre durante as temporadas é o que mais me fascina. Logo na primeira nós conhecemos um time que ainda não presenciou os acontecimentos horríveis da vida. Um novo trabalho fascinante, com hilários momentos entre os personagens. E, então, acontece uma revira-volta nos últimos episódios, dando uma rasteira na equipe.

Como acontece em Capitão América: Soldado Invernal, a Hidra acaba dominando a SHIELD que agora passa a ser uma organização criminosa a vista dos civis. Compartilhando esse universo, a série começa a ter um ar mais sombrio e sério. Entretanto, ela não se prende ao que acontece no cenário cinematográfico da Marvel. Pelo contrário: agora, o show começa a explorar viagens no espaço, outras dimensões, futuro pós-apocalíptico, motoqueiro fantasma e modelos de vidas artificiais.

Como citei anteriormente, a atuação também é um quesito fundamental para o desenvolvimento de uma série. Talento todo o elenco possui, e muito! Obviamente, com a mudança do cenário, os personagens também iriam sofrer algumas modificações, exigindo dos atores uma carga dramática maior, na qual conseguem nos entregar maravilhosamente bem!

Então, se você, assim como eu, gosta de uma boa série de super-heróis, assista Agents of Shield que já tem quatro das cinco temporadas disponíveis na Netflix.

POSTS RELACIONADOS

© 2019 Anitubey - Cinema TV | Todos os direitos reservados |

[email protected]