Nunca nenhuma série está a salvo dentro de uma plataforma com dívidas gigantescas e só a procura de uma série que traga um ótimo retorno.

Para qualquer minoria, se ver representada na televisão e em uma série que gosta é sempre um sentimento maravilhoso e que apoiamos da melhor forma possível. Mas no quesito Netflix acabamos vendo tudo em um dia só para mostrar que a série é de fato boa.

Porém, isso nunca é suficiente e nossa querida série acaba sendo cancelada por falta de audiência. Hoje usarei quatro produções como exemplo. É claro que se você tiver mais alguma que se encaixe, fique à vontade de deixar nos comentários.

Começando com The Get Down (2016), de acordo com a Netflix, o motivo de cancelamento foi o custo de produção. Quem a assistia deve concordar que tudo era bem feito, e, de fato, poderia custar um pouco mais do que a Netflix pagaria por mais de uma temporada. Mas, então, o que todos os produtores tinham em mente em fazer uma série tão cara? Por que a Netflix não adaptou para seu orçamento? Não quero colocar em questão o mal gerenciamento da plataforma aqui (esperem até o final do post). Mas é algo que devemos pensar, que eles têm de se organizar para fazer dar certo.

Era uma série tão maravilhosa, bem feita e com a representatividade estourando todos os pontos possíveis que poderíamos contar. Entretanto, assim como muitos outros bons conteúdos, vamos acabar vivendo apenas da única temporada que tivemos o prazer de ter.

Série “The Get Down (2016), Netlifx.

Assim como The Get Down, a próxima série foi cancelada por conta de custo e também a audiência que havia caído. Mas a população brasileira foi à loucura, não no bom sentido, quando o anúncio saiu. Sense8 (2015) é inegável o quão representativa era, o tanto de padrões quebrados durante sua vida curta de duas temporadas.

Porém, mesmo com o cancelamento, nós fomos abençoados com um filme para encerrar a trama. Mas claro que isso só foi conquistado depois de muito choro — novamente, eu tenho que concordar e discordar dos encarregados da Netflix. Claro, a série custava uma fortuna! Afinal de contas, se passava em diversos continentes e na viagem de lá para cá eles tinham que arcar com as despesas de toda a equipe.

Mas eles não pensaram nisso a longo prazo? Onde estavam os produtores executivos? Por que não diminuíram as viagens ao fazer as produções mais simples? Aposto que nos Estados Unidos eles têm diversas locações que poderiam substituir algumas viagens. O cancelamento é compreensível, mas de certa forma evitável caso a Netflix tivesse mais organização ao pensar em longo prazo.

Série “Sense8” (2015), Netflix.

A próxima série talvez você nem conheça, não vou te culpar. Todos sabemos que quando se trata de divulgação, a Netflix também tem certo problema. Acaba divulgando apenas conforme o hypeNo entanto, essa série merecia esse tipo de hype que todos geralmente têm com qualquer outra série. No meu ponto de vista, ela foi a Freaks and Geeks (1999) do século XXI.

Everything Sucks (2018) merecia bem mais do que um cancelamento baseado em falta de audiência. De acordo com a plataforma de streaming, a série foi cancelada pois o público que começava o episódio não terminava. Tenha em mente que a série é uma sitcom, portanto seus episódios têm 20 minutos.

A produção se passa nos anos 1990, e conta sobre a vida de pré-adolescentes se descobrindo de todas as formas possíveis — adolescentes apaixonados por audiovisual devo adicionar, assim como eu e você. Além da trama praxe de ensino médio americano, temos Kate Messner, uma adolescente se descobrindo lésbica; Luke O’Neil, o personagem principal negro (entre nós aqui, a definição de “gado demais”). A série só não contava com representações raciais e LGBTQ como a de nerds. De quem sofreu no ensino médio, de quem é apaixonado por filmes, por gravar qualquer coisinha, de querer estar nesse meio.

Mas a massa assinante da Netflix não pareceu se interessar por nada que a série passava, mesmo tantas pessoas idolatrando Freaks and Geeks nenhuma estava lá para se quer terminar o primeiro episódio. Uma grande perda de conteúdo, de desenvolvimento para todos os personagens.

Série “Everything Sucks” (2018), Netflix.

É claro que eu não poderia finalizar a lista sem falar sobre a mais recente decepção de todos os assinantes da plataforma. One Day At a Time (2017), cancelada depois de três temporadas. E deixando uma legião de fãs devastados por perder uma série tão boa e representativa quanto essa. Tínhamos latinos, LGBTQs, transtornos mentais e ensinamentos maravilhosos a cada episódio.

Mas militar não era o único objetivo da série, mostrar a importância da família, de apreciar sua cultura e, claro, se amar como é. Uma enorme perda para todos que se sentiam representados por alguém dentro da série, que se sentiu bem por ver uma cena tão importante sendo retratada na série. O motivo também se deu à falta de audiência de acordo com a Netflix. O que sempre é difícil de acreditar por conta da quantidade de pessoas que se manifestam na internet sobre. Mas enquanto não tivermos acesso à esse tipo de informação nos resta apenas acreditar no que é nos dito.

Série “One Day At A Time” (2018), Netflix.

A representatividade é, afinal de contas, um sinônimo de série cancelada? Devemos nos preocupar com mais séries que gostamos da plataforma sendo canceladas? Dear White People, Atypical, Sex Education… E isso apenas falando de sitcoms. Talvez a massa não esteja preparada para série com representações as quais queremos desesperadamente, afinal de contas ela ainda não foi educada o suficiente para aceitar tais com a mente aberta.

A culpa pode não ser inteiramente da Netflix, mas tendo em vista que suas séries não tem mais tanta audiência como no começo porque eles não se adaptam ao estilo de lançamento de episódio por semana? Assim, a população teria a chance de se interessar pelo programa durante as semanas de transmissão e não ter seus episódios jogados em seu colo.

Porém, não podemos culpar inteiramente a plataforma, mas também as mentes fechadas que perdem o interesse em produções que não os façam se sentir bem por não estarem acostumados com muita representatividade. Eu deixei alguma série de fora? Tem alguma opinião sobre o assunto? Pode comentar que podemos discutir sobre.

POSTS RELACIONADOS

© 2019 Anitubey - Cinema TV | Todos os direitos reservados |

[email protected]